Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206
A INVEJA
Ajude a manter o TextoLivre.

A INVEJA

A INVEJA

“Que eu morra, meu sonhos se frustrem, mas que tu ó Deus seja meu Senhor e dirija meus passos para o teu louvor”

Essa palavra é pouco usada no nosso meio cristão, mas é o veneno mais corrosivo do nosso meio, nunca podemos deixar de estudá-la, pois podemos estar vivendo a mesma e não saber que esta com este sentimento no coração. Mas para analisarmos este sentimento eu fui ao grego saber o que me diz, e assim encontrei:“ ter má vontade”. Isso me deixou pensativa, mas quantos ainda não passaram por esta situação? Alguns ilesos, mas outros deixaram-se levar por está má vontade e perdeu-se pelo caminho. Essa pessoa com inveja deseja algo, sem porém, possui-lo. Aristóteles definiu inveja de uma maneira fantástica, que diz: “ o desejo de ter aquilo que o outro ser possui”, “os invejosos são aqueles que zangam somente com o sucesso dos seus amigos e outros” .

Em Galatas vemos que é a vida de uma pessoa não redimida pela sangue de Cristo, vemos nas epístolas que são más qualidades e é obra da carne que se opõe a obra do Espírito, Gl 5:19-24 ”invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.” Define como aqueles de mente reprovável pelo Senhor Deus. Em Tt 3:3 “Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros.”Nos fala que é algo a ser deixado pelo homem enquanto cresce no conhecimento da salvação IPe 2:2 - e “ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro.”

Jesus sofreu o mal da inveja quando o entregaram a Pilatos Mc 15:10 - Pois ele bem percebia que por inveja os principais sacerdotes lho haviam entregado. Paulo também sofreu com a inveja, quando tentavam distorcer suas mensagens ao invés de se juntarem a ele Fl 1:15 - Alguns, efetivamente, proclamam a Cristo por inveja e porfia; outros, porém, o fazem de boa vontade, ela é uma das maiores mesquinharias humana e também é causada pela queda do homem, “ os invejosos normalmente fazem campanha de perseguição contra suas vítimas” e o mais interessante é que suas vítimas nunca tem nada a ver com o sentimento despertado no outro, uma tentativa de quem sofre é fugir deste, porém, provavelmente se tornará um fracassado, só que é este mesmo o sentimento que deseja despertar o invejoso.

A inveja é um vício humano, Paulo nos trás isto claramente quando fala em Rm 1:29 - cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores, e ele vai mais longe quando associa a inveja aos sentimentos de ódio contra Deus e ao homicida. Quando Paulo exorta Timóteo ele o fala destas pessoas I Tm. 6:4 - é enfatuado, nada entende, mas tem mania por questões e contendas de palavras, de que nascem inveja, provocação, difamações, suspeitas malignas. Se formos analisar versículo por versículo não terminaríamos nosso texto, pois este sentimento vem junto do homem desde os seus primórdios.

Mas, meu amado, o que nós temos feito contra ele, temos ido de encontro ou deixado que façam o que desejam em nossa comunidade, dilacerando vidas e matando nosso povo com seu veneno. Quando vejo você sendo vítima do mesmo, meu coração dói, por que a liderança é sempre alvo de sua maldade. Hoje, temos orado para tantas coisas, mas este deve ser também o motivo da nossa oração. É perseguir estes nossos inimigos e alcançar e tratarmos deles como Cristo nos ensinou, com amor e na tentativa de trazê-los para uma genuína conversão ao Senhor Jesus Cristo. Pois quando realmente encontramos com Cristo, somos separados e preparados para uma nova vida e um novo jeito de pensar e agir. Então podemos chegar a conclusão que aquele que tem o coração invejoso necessita de voltar para Cristo. E se você querido irmão(a), se sentiu doido por este assunto, pode haver mudança na sua vida, pois não há nada que o senhor Jesus não possa fazer, e não há pecado que Ele não venha perdoar, mas é necessário um passo para alcançar a total cura deste mal. A Bíblia nos fala que temos a mente transformada, isto realmente é necessário, precisamos ter nossos corações apaixonados por Cristo de tal forma que deixemos Ele entrar e fazer toda limpeza e transformação necessária. Precisamos ser corajosos o suficiente para não termos medo de confessar esta nossa fragilidade.

AH! meu amado(a), uma nova igreja, precisa não de novos membros, mas de pessoas que deixem seus corações serem invadidos pela graça do Senhor e vê-lo sendo transformado dia-a-dia pela palavra da justiça divina.

Os gabinetes pastorais se enchem de pessoas confessando seus pecados morais, mas é difícil encontrar alguém que consiga confessar o seu pecado de maldade contra outros. Não vamos ser covardes a ponto de usarmos uma frase falsa e dizer que estamos contando o suposto pecado do outro na intenção de salvá-lo do maligno, enquanto nós é que estamos entregando nós mesmos ao maligno deixando-o fazer da nossa vida seu depósito de lixo. Esta obra da carne é natural para o ser humano caído, não para nós que alcançamos a salvação em Cristo Jesus, João define a inveja como atitude diabólica.

Vamos acabar com estas atitudes diabólicas do nosso meio, ela precisa ser exterminada, deixada de estar em nossos corações. Precisamos confessar a Jesus o que realmente brota no íntimo do nosso coração assim Deus irá agir e fazer de nós pessoas saradas para estar atuando a cada dia na sua infinita obra. Você, eu, NÃO precisamos ter inveja da posição do nosso irmão, o que precisamos é estar disposto a conquistar o nosso lugar com trabalho, esforço e dedicação como outro tem feito. A seara é grande, seja um dos ceifeiros.

Fica para meditarmos Galatas 5: 22-26, - “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscência. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito. Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros.”

Que a graça do Senhor Jesus possa a cada dia nos transformar em cristãos melhores e semelhantes a Cristo. Gl 6:4-5 “Mas prove cada um o seu labor e, então, terá motivo de gloriar-se unicamente em si e não em outro. Porque cada um levará o seu próprio fardo.”

Silvia leticia Carrijo de Azevedo Sá

Siga-me no twitter: leticiacarrijo
www.artedefalar.com.br
leticiacarrijo@artedefalar.com.br

 

 
© 2011 Texto Livre - Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.

Compartilhe

 
Joomla Training by JoomlaShack.com