Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206
O Agnóstico e o Evangélico
Ajude a manter o TextoLivre.

O Agnóstico e o Evangélico

   Esclarecimento: este conto não tem o objetivo de denegrir, ofender e muito menos de julgar qualquer religião. Como autor do conto, respeito todas as religiões e acredito somente em Deus.

 

 

    Um agnóstico e um evangélico filosofavam em uma parada de ônibus.

    – Tenho Jesus em meu coração, e você?

    – Eu? Eu sou agnóstico.

    – Agnóstico?! Isto é coisa do diabo!

    – Diabo não existe.

    – Existe sim, e está dentro de você.

    – Ah, dá um tempo.

    – Meu filho... Você precisa crer em Deus.

    – Você é evangélico, não é?

    – Com muita honra – respondeu o evangélico, com a bíblia nas mãos.

    – Pois eu acredito em mim mesmo.

    – Quem criou o céu? A terra? A água e as matas?

    – Não sei... Mas sei quem construiu este banco em que estamos sentados, e também quem fez os carros, as casas, os hospitais...

    – Você é muito descrente, não é?

    – Não. Eu apenas acredito na força do trabalho dos homens, e não fico pedindo aos céus para comandar a minha vida.

    – O que você está sugerindo? Que vivemos nas custas do Senhor?

    – Não. Estou sugerindo que vocês perdem muito tempo e dinheiro com suas religiões.

    – Como assim?

    – O que você me diz sobre o dízimo?

    – É para provar nosso desapego aos bens materiais.

    – Oh... Claro.

    – Está sendo irônico?

    – Não. De maneira alguma. Mas não é curioso vocês darem duro e os seus pastores viverem no maior luxo.

    – Eles vivem assim porque são recompensados por traduzir a palavra de nosso Senhor.

    – Tudo bem...

    – Meu rapaz. Estou desconfiando que você seja filho do diabo.

    – Filho do diabo? Como assim?

    – Em nosso mundo existem pessoas que são filhos de Deus e outras que são filhos do diabo! Sabia disso?

    – Bom... Neste caso. Eu sou um bastardo – respondeu o agnóstico, com um sorriso debochado.

    – Deus irá castigá-lo por estas palavras.

    Depois disso, os dois permaneceram em silêncio aguardando a chegada do ônibus.

    Os dois adentraram o ônibus e dividiram a mesma poltrona sem trocar nenhuma palavra. O agnóstico foi o primeiro a saltar. Depois de saltar do ônibus, o agnóstico foi atravessar a rua, perdeu sua atenção por alguns segundos e foi atropelado por um caminhão. Vendo aquela cena, o evangélico pegou sua bíblia, levou-a contra o peito e gritou:

    – Aleluia! Deus está entre nós.

 
© 2011 Texto Livre - Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.

Compartilhe

 
Joomla Template: from JoomlaShack