Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206
Galáxias
Ajude a manter o TextoLivre.

Galáxias

       As estrelas não se distribuem uniformemente pelo Universo: elas fazem parte de um conjunto de galáxias. Por sua vez, as galáxias se agrupam em aglomerados e superaglomerados. Embora as estrelas pareçam estar muito juntas umas das outras nas galáxias, imensas distâncias as separam. Se o sol fosse do tamanho de um grão de areia, sua estrela vizinha mais próxima ficaria a 6 km de distância.

       Calculando a magnitude

       Há dois métodos  para se calcular a magnitude, ou luminosidade, de uma estrela.

       A magnitude aparente, ou visual, é o brilho de uma estrela conforme vista da Terra. Uma estrela muito luminosa é de magnitude um, uma de má visibilidade, de magnitude seis. A magnitude aparente não leva em consideração a distância de uma estrela da Terra. Como um objeto mais distante surge mais difuso do que um mais próximo, não é apropriado para fazer comparações entre estrelas.

       A magnitude absoluta é definida pela magnitude aparente que teria uma estrela se vista de uma distância-padrão de 32,6 anos-luz(10 parsecs). Essa medição padronizada permite a comparação da luminosidade verdadeira das estrelas.

 

       Tipos de galáxia

       As galáxias são classificadas quanto à forma. Há três tipos principais

       Espiral. Acredita-se que cerca de 30% das galáxias sejam espirais, correspondentes a dois tipos: Espirais normais são cata-ventos com uma saliência central e braços em espiral. Espirais barradas têm um núcleo alongado e braços salientes em forma de de barras.

       Elípticas. Acredita-se que a maioria das galáxias tenha essa forma, de uma forma achatada. Variam da quase esférica à quase plana. A M87, em Virgo é um exemplo dessa estrutura.

       Irregular. Muitas galáxias têm uma estrutura mal definida, sem um contorno nítido. A Nebulosa Magellanic em nosso Aglomerado Local é um exemplo de galáxia irregular.

       Fato: Com o emprêgo do Telescópio Espacial Hubble, pesquisadores encontraram 600 estrelas à deriva no espaço entre as galáxias do aglomerado Virgo

 

       Aspectos da galáxia

       Buracos negros. É o nome dado a estrelas gigantes que sofreram um imenso colapso gravitacional no qual nada, nem mesmo a luz, consegue escapar de sua superfície. O tamanhos dos buracos negros depende da massa da estrela que sofreu tal colapso. Por não ser visível, nenhum buraco negro ainda foi detectado diretamente. A existência deles só pode ser inferida pela influência que exercem em outros objetos.

       Quasares. Núcleos de galáxias distantes muito ativas, possivemmente com buracos negros no centro, que emitem intensas ondas de rádio. Por serem muito distantes, sua luz levou um longo tempo para chegar até nós. Quando olhamos um quasar, a visão é de uma galáxia num estágio bastante inicial de sua evolução

       Colisão de galáxias

       Quando duas galáxias se aproximam demais, a ponto de interferirem em seus campos gravitacionais, a estrutura de uma ou de outra se altera radicalmente. Elas podem colidir e até se fundirem. As galáxias mais próximas da nossa que se colidiram são as NGC 4038 e 4039, conhecidas como Antennae. Apenas 80 anos-luz separam uma da outra e suas torrentes de material já convergem. Assim, os dois sistemas vão acabar se fundindo.

       Matéria escura. Também conhecida como matéria negra, não pode ser vista diretamente, pois emite pouca ou nenhuma radiação. Sua existência á inferida pelo efeito que causa em outros corpos. A força gravitacional da matéria escura explica as velocidades de rotação. Sua existência é inferida pelo0 efeito que causa em outros corpos. A força gravitacional da matéria escura explica as velocidades de rotação das galáxias e a tendência a se agruparem em aglomerados. Estimou-se que 90% do Universo se constituem de matéria escura, em forma de partículas, deixada pelo Big Bang.

       Galáxia vizinha. A galáxia de Andrômeda, é a vizinha mais próxima de nossa Via Láctea. Não há imagens externas da nossa galáxia, pois nenhum projeto espacial chegou além dela.

 

       Fatos da Galáxia da Terra

       Ela gira em torno de seu centro, e o Sol leva 225 milhões de anos para completar um circuito

       Seu diâmetro é de 100.000 anos-luz

       A saliência central tem 10.000 anos-luz de diâmetro e 20.000 anos-luz de espessura. Contém apenas estrelas velhas

       O disco formado pelos braços da espiral tem 3.000 anos-luz de espessura

       O Sol fica a 30.000 anos-luz do centro da Galáxia, no Braço de Órion.

       O centro da Galáxia é Sargitário A, -uma fonte de intensas ondas de rádio que poderiam ser um buraco negro.

 

    

 

Fonte: Superenciclopédia Ilustrada-Enciclopédia Seleções, tradução Stela Maris Gandour...et all, Rio de Janeiro, Reader's Digest, 2004, a quem agradeço pela autorização para reprodução deste texto. E-mail atendimento@seleções.com.br 

 
© 2011 Texto Livre - Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.

Compartilhe

 
Joomla 1.5 Templates from JoomlaShack