Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206
Vulcões
Ajude a manter o TextoLivre.

Vulcões

       Vulcões são aberturas ou fissuras que ocorrem na costra terrestre, através das quais são expelidos material magmático e gases. Ocorrem sobretudo ao longo das margens das placas tectônicas. Atualmente, há no mundo mais de 1.500 vulcões ativos. A cinza vulcânica, que circula na camada superior da atmosfera, pode ocasionar mudanças climáticas temporárias em todo o mundo.

       Tipos de vulcão

       Quatro formas caracterizam a maioria dos vulcões. A forma é determinada por fatores como idade e tipo de erupção.

       Domos de lava. Formados pela liberação de lava bastante espessa. Os domos podem ser solitários, originar-se em grupos, em crateras existentes ou surgir ao longo das encostas de cones vulcânicos. Um domo vem se desenvolvendo devagar na cratera do Monte Santa Helena, desde sua erupção em 1980.

       Caldeiras. Grandes bacias semelhantes a crateras formadas pelo colapso da parte central de vulcões adormecidos ou extintos. Algumas caldeiras, como a de Krakatoa na Indonésia, resultam de explosões cataclísmicas que destroem o vulcão em erupção. Outras resultam do colapso do cone, quando a câmara de magma se esvazia.

       Cones mistos ou vulcões estratificados. o clássico vulcão cônico é formado por múltiplas erupções de lava e cinza ao longo de milhares de anos. Os cones mistos podem chegar a grandes alturas e abrangem 60% dos vulcões individuais da Terra. Como exemplos destacam-se o Monte Fugi, no Japão e o Monte Rainer, nos EUA. 

       Vulcões-escudo.Grandes áreas com cumes largos e encostas com declive formadas pelos próprios escoamentos de lava balsática.Estão entre alguns dos maiores vulcões do mundo-a ilha do Havaí formou-se da fusão de cinco vulcões-cascudo de idades progressivamente mais jovens.

 

       Estágios da vida de um vulcão

       Estágio eruptivo. Fase violenta com contínua ou peródica erupção de lavas, gases ou matéria sólida. Pode ter curta ou longa duração. O Paricutin, no México, esteve em erupção durante nove anos. O Stromboli, na Itália, está em erupção há mais de 2.000 anos.

       Estágio de fumarola. Durante um longo período após o término da erupção, o vulcão continua a emitir gases ácidos e vapor

       Estágio de esfriamento. O solo ainda contém calor latente, que pode aquecer a água subterrânea e dar origem a fontes quentes. Como exemplo, têm-se gêiseres e fontes quentes, como os do Parque Nacion al de Yellowstone, do Norte da Islândia e da Nova Zelândia.

       Dormência e extinção. Os últimos traços de calor vulcânico desaparecem e o vulcão se reduz gradativamente por erosão. Quando o magma esfria e se contrai, o cone por vezes desmorona, formando uma caldeira. Por fim a erosão pode erradicar completamente o vulcão, ou apenas deixar a rocha endurecida na fenda, agora chamada de cachimbo vulcânico. Dentre os vulcões que se tornaram inativos no tempo geológico recente, destacam-se o Monte Shasta e o Monte Hood(EUA)

 

       O interior de um vulcão

      Cinza - Material sólido resultante da erupção de certos tipos de vulcão

       Lava. Magma que atinge a superfície

       Cone. Formado por sucessivas erupções de lava e cinzas.

       Câmara de magma. A fonte de lava, em áreas profundas da cdrosta terrestre ou acima de seu manto superior.

       Cratera. A depressão no topo do cone preenchida com lava fundida em alguns vulcões ativos.  

       Fissura. Fratura na estrutura do vulcão. A lava é impelida pelas fissuras, solidificando-se em diques verticais e parapeitos horizontais. Uma fissura pode originar-se ainda sob tensão, liberando gases acumulados com consequências mais explosivas.

 

       Índice de explosões vulcânicas

       O Indice de Explosão Vulcânica(IEV) é empregado para estimar a dimensão de uma erupção. Baseia-se em numerosas observações, entre elas o volume e altura do material ejetado. No passado geológico, ocorreram supervulcões inesperados, muito maiores do que qiualquer fenômeno visto no passado histórico. O mais recente ocorreu nos Estados Unidos(área do Parque Nacional Yelowstone) há cerca de 2 milhões de anos. 

IEV      Tipo de erupção      Volume        Ocorrência

0           Não explosiva         1.000m3       Diária

1           Suave                       10.000m3     Diária

2           Explosiva                1 milhãom3  +ou- semanal      

3           Grave                       10 milhõesm3 +ou- anual         

4 cataclísmica                      100 milhõesm3A cada poucas décadas

5           Paroxísmica             1km3 Cerca de 1 por século

6           Colossal                   10km3 A cada poucos séculos

7           Supercolossal          100km3 A cada 1.000 anos

8           Megacolossal           1000km3 A cada 100 mil anos

 

       Onde ocorrem os vulcões

       A maioria dos vulcões concentram-se ao longo dos limites das placas tectônicas

       Nos limites construtivos, como a sdorsais mesooceânicas, onde as plavas se afastam, a lava é expelida do manto superior

       Nos mantos convergentes, onde uma placa mergulha sob a outra, o material na superfície da crosta da placa é arrastado para baixo até atingir uma profundidade onde se funde. Por ser menos denso que a rocha sólida circundante, o material fundido sobe até ser expelido na superfície.

       Os vulcões também ocorrem acima de de "zonas quentes" foradas por cristais que irrompem do material quente no manto. À medida que a placa se move lentamente sobre uma zona quente, origina-se uma cadeia ou arco de ilhas vulcânicas, como o Havaí.

       Monte Hekla, Islândia. A Islândia se espalha pela Dorsal Mesoatlântica, uma ativa fronteira construtiva de placa tectônica, e se formou a partir do acúmulo de erupções balsáticas de vulcões submarinos. 

 

 

 

Fonte Superenciclopédia Ilustrada-Enciclopédia Seleções, tradução Stela Maris Gandour...et all, Rio de Janeiro, Reader's Digest, 2004, a quem agradeço pela autorização para reprodução deste texto. E-mail atendimento@seleções.com.br

 
© 2011 Texto Livre - Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.

Compartilhe

 
Joomla Tutorial at JoomlaShack.com