Ajude a manter o TextoLivre.

Aves

       Donos do ar, habitantes da terra e da água

       As penas são características próprias das aves, destinguindo-se de todas as outras criaturas. Elas têm duas funções: ajudam a voar e a regular a temperatura corporal. As aves têm a visão bastante desenvolvida;são capazes de de distinguir acuradamente muitas nuances de cores, até mais do que os humanos. A maioria das aves restringe suas atividades à luz do dia, quando este sentido pode ser completamente explorado.

       Como são as aves?

       As aves têm penas e bico, mas não dentes. São vertebrados e de sangue quente, que respiram o ar atmosférico e possuem duas patas. Comunicam-se por meio de exibição visual ou emissão de sons. Sua visão é bastante aguda, mais a percepção oflativa é deficiente. Quase todas as aves podem voar. Seu corpo é aerodinâmico, com os membros anteriores altamente adaptados (asas) e ossos ocos.

 

       Como as aves voam

       As aves podem voar porque o ar oferece resistência a suas asas. O movimento descendente das asas provoca a elevação da ave. Para todo o movimento das asas para baixo e para trás, há um movimento correspondente do corpo da ave para cima e para frente. Toda a superfície da asa empurra o ar, assim como a lâmina de um remo empurra a água. no movimento de retorno, a asa fica inclinada de modo que seu lado mais fino, usado para direcionar o vôo, possa cortar o ar com uma resistência mínima. As aves precisam ter músculos peitorais bem desenvolvidos, preso a um granded esterno, para capacitar suas asas. Todas as penas de vôo têm um eixo central a partir do qual brota uma série de filamentos. Estes são ligados por ganchos minúsculos, conferindo à pena uma aparência sólida. As penas de vôo dão à asa uma superfície contínua que oferece resistência ao ar durante o vôo. As plumas, que isolam a ave, se distinguem, pela ausência de ganchos que se interligam.

 

       Porque as aves têm bicos diferentes

       O formato do bico das aves está diretamente relacionado aos seus hábitos alimentares. As aves de rapina têm o bico em forma de gancho, ideal para rasgar a carne de suas vítimas. Diferentemente, os bicos longos e retos de muitas aves da ordem Ciconiformes, que vivem próximo à água são apropriados para encontrar e remover o alimento da lama e da areia molhada; o final curvado do bico do alfaiate é uma adaptação deste formato para pegar as criaturas minúsculas das águas superficiais. Entre os pássros, um dos mais estranhos é o talha-mar. Este apreciador de peixes caça voando rente à água, arrastando a metade inferior do bico através da superfície. Assim que ele percebe a presa, o bico logo se fecha.

       Outras características das aves podem ser explicadas por diferentes fatores. A cor, por exemplo, ajuda no reconhecimento das espécies e, em alguns casos, pode mesmo ser determinante na escolha do parceiro. Os bicos dos papagaios-do-mar são brilhantes durante a época de procriação; no outono e no inverno, tortnam-se foscos e cinzentos.

 

       Fatos e números

       Há quase 9.000 espécies de aves vivas hoje em dia. A ave com a maior envergadura de asa é o albatroz-branco(Diomedea exulans), medindo 3,2m da ponta de uma asa à outra. O beija-flor-abelha ou beija-flor-zumbidor(Mellisuga helenae) tem a menor envergadura entre as aves:5,5cm. Existem aves em todos os continentes. O pinguim imperador(Aptenodytes forsteri), passa o inverno na Antártica, sendo o único vertebrado a fazer isto. Mais de 1.000 espécies de aves extintas fora identificadas através de fósseis.

 

Avestruz. Estrutioniformes. 1 espécie. Habitat: Gramados abertos e regiões semidesertas na África. Características-chave: Não pode voar. Tem um pescoço comprido e flexível, cabeça pequena e bico semelhante ao do pato. Extremamente veloz, capaz de correr mais de 65km/h. Tem pernas longas e vigorosas, com dois dedos em cada pé. O macho é preto e branco, com uma cauda constituída de grande plumagem branca. A fêmea é marron-pardo. Espécies: Avestruz(Struthio camellus); Ostrich(Strutio camellus). Ovo gigante: O avestruz tem o maior ovo de todas as aves. Ele pesa em média, 1,7kg. Sua casca, apesar de ter somente 1,5mm de espessura, consegue suportar um homem de 127kg. Fato: o ovo fertilizado do avestruz da África é a maior célula animal isolada do mundo.

 

       Emas. Reiformes. 2 espécies. Habitat: Planícies abertas da América do Sul. Características-Chave: Não podem voar. São menores do que avestruz ou emu.Possuem plumas na cabeça e no pescoço. Tem três dedos em cada pé.Espécies: Ema(Rhaea americana); Nhandu-pequeno(Plecocnemia pennata). A ema-como seus equivalentes africanos e australianos, o avestruz e o emu, pode alcançar velocidades impressionantes. Suas longas pernas dobram-se como uma arma de defesa-podem dar um forte chute.

 

       Emus e casuares. Casuariformes. 4 espécies.Habitat: Desertos, planícies, e florestas na Austrália e na Nova Guiné. Características: Não podem voar. Chegam a 2m de altura. O emu tem plumagem marron-escuro, com pontos azuis nus em cada lado do pescoço. A fêmea do emu tem um saco na garganta que a permite emitir um som estrondoso. Os casuares possuem cabeças nuas com uma grande crista óssea no topo, semelhante a um capacete. Sua plumagem é preta. Emus e casuares têm três dedos no pé. Espécies:  Emu(Dromaius novaephollandiae);  Casuar-comum(Casuarius casuarius); Casuar-anão(Casuarius bennetti); Casuar(Casuarius unappendiculatus).

 

       Quivis. Apterigiformes. 3 espécies. Habitat: Floresta na Nova Zelândia: Características-chave: Não podem voar. Têm uma plumagem marron longa, semelhante a pelos. São noctívagos. A visão é fraca, mas os sentidos de audição e olfato são bem desenvolvidos. Têm um longo bico, que usam para revolver o solo à procura de vermes e insetos. Colocam os maiores ovos em proporção ao tamanho do corpo do que qualquer outra  ave, com um quarto do peso total das fêmeas. Espécies: Quvi(Apteryx australis); Pequeno quivi mosqueado(Apteryx owenil); Grande quivi mosqueado(Apteryx hastii).

 

       Pinguins. Esfensci´formes. 18 espécies. Nas águas da costa e no oceano aberto, no Hemisfério Sul. Características-chave: Os pinguins não podem voar, suas asas são modificadas para servir como membros natatórios. Possuem penas curtas, rijas, bem próximas umas das outras, que cobrem o corpo de maneira uniforme. Alimentam-se de peixes, lulas, crustáceos de vida livre , como o krill. Dsenvolve-se na costa desde a Antártica até as ilhas Galápagos, frequentemente em colônias constituídas por milhares de pares. Espécies: Pinguin-de adélia(Pygoscelis adeliae); Pinguin antártico(Pygoscelis antarctica); Pionguin-de-testa-amarela(Eudyptes chysolophus); Pinguin-imperador(Aptenodytes forsteri); Pinguin-papu(`ycosceles papua); Pinguin-real(Aptenodytes patagonica); Pinguin pequeno(Audyptula minor); Pinguin-de-magalhães(Spheniscus megellanicus);  Pinguin-de-panacho-amarelo(Eudyptes crestatus)

 

       Mobelhas. Gaviformes. 4 espécies. Habitat: Lagos gelados e águas da costa, no Hemisfério Norte. Características-chave: As mobélhas alimentam-se de peixes, crustáceos e insetos. Suas pernas estão localizadas muito atrás do corpo. Seus dedos são ligados por membranas. Seus corpos são aerodinâmicos, próprios para mergulhar. São capazes de mergulhar a profundidades de 60m. Espécies: Mobelha-ártica(Gavia arctica); mobelha grande(Gavia immer); Mobelha pequena(Gavia stellata).

       As mobelhas, são tão bem adaptadas à vida na água, que apresentam, realmente, grande dificuldade de se locomover em terra. Seus pés localizam-se tão atrás em seu corpo, que elas só podem deslizar sobre o ventre. Como consequência todos fazem seus ninhos muito perto da água.

       Assim como em todos os outros pinguins, os pés do Eudyptes Pachytyncus estão posicionados na parte posterior de seu corpo, para melhor nadar. Na terra, os pés fazem com que ele caminhe ereto. Suas asas adaptaram-se de modo a parecer nadadeiras para auxiliar a natação;os ossos das asas se uniram para ajudar a fortalecer estas nadadeiras.

 

       Mergulhões. Podicipediformes. Cerca de 20 espécies. Habitat: Lagos, rios e águas da costa em regiões temperadas. Características-chave: Sua capacidade de vôo é limitada. Não possuem membranas nos pés, mas seus dedos têm margens córneas, que expandem sua área de superfície para nadar. Alimentam-se de pequenos peixes e outros animais aquáticos. Muitos fazem elaboradas "danças" de cortejo. Constroem ninhos fluentes em águas abertas ou entre plantas locais úmidos. Espécies: Mergulhões-de-pescoço-preto(podiceps nigripolis); Mergulhão-de-crista(Podiceps cristatus); Margu~lhão-grande(Podiceps major); Mergulhão serpente(Anhinga anhinga); Mergulhão-pequeno ou mergulhãozinho(Podiceps dominicus); Fundujo(podiceps rificollis);Mergulhão(Podylymbus podiceps); Mergulhão-de-cara-branca(Rollandia rolland). Assim como todos os mergulhões, o mergulhão-de-crista é mais colorido na época de procriação do que durante o resto do ano. Quando a época de fazer ninhos acaba, ele perde o ornamento de sua cabeça.

 

       Albatrozes, pardelões e fulmares. Procellariformes. Mais de cem espécies. Habitat: Oceanos elitorais por todo o mundo. Características-chave: Todos possuem bicos aduncos e altos, com uma narina tubular única que que segue ao longo do topo e se abre próximo ao final. Seus pés possuem membranas. Vão à terra somente para procriar. Alimentam-se de de peixes, lulas ou animais em decomposição na água ou próximo à sua superfície. Espécies: Albatroz-de-sobrancelha(Dionedea melanophris); Falgão(Pachyptila belcheri); Fulmar glacial(Fulmarus glacialis); Albatro real(Diomedea epmophora); Albatroz-de-nariz-amarelo(Diomedea chiororhynchus); Bobo-pequeno(Puffinis puffinis); Albatroz-arisco(Diomedea cauta); Pardelão-prateado(Fulmarus glacialoides); Pardelão gigante(Macronectes gigantus); Albatroz-de-cabeça-cinza(Diomedea chrysostoma); Albatroz-brando(Diomedea exulans).

      Planador do Oceano: O fulmar glacial assemelha-se a uma gaivota, mas distingue-se por suas asas longas e retas e pela narina tubular única. Ele faz seus ninhos em penhascos ao longo do Hemisfério Norte.

 

       Pelicanos e atobás. Pelecaniformes. Cerca de 60 espécies. Habitat: Em todo o mundo, exceto no interior dos continentes e nos polos. Características-chave: Possuem membranas em todos os quatro dedos dos pés-não somente três dedos, como em outras aves que também possuem membranas nos pés. Todos se alimentam de peixes. Alguns obtêm seus alimentos mergulhando a partir do ar; outros mergulham a partir da superfície da água. Este grupo inclui também, biguás, alcatrazes, rabos-de-palha e anhingas. Espécies: Anhinga ou biguatinga(anhinga anhinga); Atobá-mascarado(Sula clactylatra); Corvo-marinho-de-faces-brancas(Phalacorax carbo); Pelicano comum(Pelicanus onocrolatus); Tesourão-magnífico(Fregata magnificens); Atobá-do-cabo(Morus capensis); Rabo-de-palha-do-bico-vermelho(Phaeton athereus); Pelicano Cinzento(Pelicanus philippensis).

       Invasor aéreo. O pelicano-pardo caça mergulhando rapidamente sobre o peixe, a partir do ar. Só ele faz isto, pois os demais pelicanos pegam os peixes a partir da superfície da água.

 

       Garças, cegonhas e flamingos. Ciconiformes. Cerca de 120 espécies. Habitat: Na água doce e águas costeiras, por todo o mundo, exceto nos polos. Características-chave: São aves aquáticas, com pernas e pescoço compridos. A maioria se alimenta de peixes e outras pequenas criaturas aquáticas. Algumas cegonhas preferem ambientes mais secos e se alimentam de pequenos animais terrestres, como sapos e insetos. Este grupo reúne também íbis, colhereiros, pequenas garças e socós. Espécies: Socó-boi(Tigrisoma lineatum); Garça-gigante(Ardea golliat); Flamingo(Phoenicopterus ruber); Garça-real-européia(Ardea cinerea); Marabu(Leptoptilus crumeniferus); Maguari(Ciconia manguari); Guará-vermelho(Eudocimus ruber); Garça-branca-pequena(Egretta thula); Colhereiro(Platalea leucorodia); Cegonha branca(Ciconia ciconia); Jaburu-moleque(Mycteria americana).

       Andarilho pernalta. As pernas longas e finas das garças, como as da garça-real-européia, permitem que elas se movam lentamente através de águas pouco profundas, sem chamar a atenção das vítimas.

 

       Patos, gansos e cisnes. Anseriformes. Mais de 150 espécies. Habitat: Por todo o mundo, exceto na Antártica. Características-chave: Possuem corpos roliços, pertnas curtas e membrana entre os dedos. Têm uma glândula de óleo próxima à base da cauda. Bicam a glândua e então transferem o óleo para suas pernas a fim  de impermeabilizá-las. Fazem seus ninhos com penugens; quase todos constroem ninhos no solo. Os membros deste grupo são comumente conhecidos como aves aquáticas. Espécies: Ganso campestre(Anser fabalis); Cisne negro(Cygnus atratus): Marreca-caneleira(Dendrocygna bicolor); Marreco(Anas platyrhynchos); Pato-mandarim(Aix galericulana); Cisne vulgar(Cygnus olor); Mergaço(Mergus serrator), Ganso-da-Índia(Anser indicus). 

 

       Aves de rapina

       Falconiformes. Cerca de 200 espécies. Habitat: Por todo o mundo, exceto na Antártica. Características-chave: Todas são carnívoras, têm bico adunco e garras poderosas. Possuem uma visão extremamente aguçada e são ativas durante o dia. Suas asas são compridas emrelação ao tamanho do corpo. Este grupo reúne águias, urubus-de-cabeça-vermelha, gaviões, condores, falcões, quriquins, açors, milhafres e abutres. Espécies: Condor-dos-Andes(Vultur gryphus); Águia americana(Haliaeetus leucocephalus); Peneireiro vulgaar(Falco tinunculus); Carcará(Polybprus plancus); Águia-de-asa-redonda(Buteo buteo); Tartaranhão-azulado(Circus cuyaneus); Águia-pesqueira(Pandion haliaeteus); Falcão-peregrino(Falco peregrinus); Urubu-de-cabeça-vermelha(Cathartes aura).

       Olhos de águia. A águia da espécie Haliaetus leucogaster pega os peixes próximo à superfície. Como todas as aves de rapina, possui olhos aguçados e um bico em forma de gancho bastante acentuado.

 

       Faisões, tetrazes e perus. Galiformes. Cerca de 230 espécies. Habitat: Por todo o mundo, exceto na Antártica. Características-chave: Possuem um corpo volumoso e não fazem v|ôos longos. Passam a mior parte no solo, onde buscam sementes, vermes e insetos. A espécie gakkius gallius é a ancestral da galinha doméstica. Esse grupo reúne codornas, pavões, galinhas-d'angola, perdizes e mutuns comumente denominados aves de caça ou aves comestíveis. Espécies: Codorna-da-califórnia (Callipepla callifornica); Urogalo(Tetrao urogallus); Faisão(Phasianus colchichus); Codorna doméstica(Coturnix coturnix); Faisão argus(Argusianus argus); Murum(Crax rubra); Jacutinga(Pipile jacutinga); Perdiz cinzenta(Perdix perdix); Galinha d'angola(Numidia meleagris); Faisão australiano(Leipoa ocellata); Pavão(Pavo cristatus); Uru(Odonthophorus capueira); Galo doméstico(Gallus gallus); Peru(Meleegris gallopavo). A espécie Lagopus lagopus está adaptada para sobreviver no norte congelado. Seu corpo roliço e seus pés cobertos de penas ajudam-na a reter o calor. No inverno, ela fica completamente branca.

 

       Grous, frangos-d'água e abertadas. Gruiformes. Cerca de 200 espécies. Habitat: Por todo o mundo exceto nos polos. Característica-chave: Vivem em uma grande variedade de habitats, desde brejos até planícies secas. São todos carnívoros e fazem seus ninhos no solo. Grous e abertadas possuem possuem pescoço e pernas longas. os frangos-d'água têm o corpo mais arredondado, com pescoço e pernas mais curtas . Os grous voam com seus pescoços esticados e com as pernas detrás do corpo. Os frangos-d'água não voam bem,. As abetardas preferem correr quandop se sentem ameaçadas.Espécies: Galeirão-comum(Fulica atra); Gou(Grus grus); Abetarda(Otis tarda); Siriema(Cariama cristata): Saracura-do-mato(Aramides saracura); Frango d'água(Rallus aquaticus); Grou americano(Grus americana). Com mais de 18kg a abetarda é um dos pássaros mais voadores mais pesados do mundo.

 

       Maçaricos,auks e gaivotas. Caradriiformes.  Mais de 300 espécies. Habitat: Por todo o mundo, em habitats de água doce e salgada. Características-chave: Gaivotas, andorinha-do-mar, gaivotas rapineiras e auks(incluindo airos, papagaios-do-mar e tordas-mergulhadeiras), possuem membranas nos pés; os maçaricos não as têm. Gaivotas, andorinhas-do-mar, gaivotas rapineiras e auks se alimentam de peixes. Os maçaricos se alimentam de invertebrados. A maioria dos maçaricos tem pernas longas, bico longo e estreito. Quase todas as espécies são migratórias. O grupo dos maçaricos reúne alfaiates, pirupirus, jaçanãs, batuíras, maçaricos-das-rochas, pernilongos e vira-pedras. Espécies: Gaivota rapineira comum(Stecorarius parasiticus); Papagaio-do-mar ou fradinho(Fratercula arctica); Talha-mar(Rhyncops nigra); Pernilongo(Himantopus himantopus); Jaçanã(Jacana spinosa jacana), Piripiru(Haematopus ostralegus); Gaivota real(Larus argentatus); Maçarico comum(Charadrius vociferus); Abides ou aves frias(Vanellus vanellus); Gaivotão(Laros dominicanus); Alfaiate(Recuvrostra avosetta); Torda-mergulhadeira(Alca torda); Falaropo-do-norte(Phalaropus lobatus); Combatente(Phiomachus pugnax).

 

       Pomba e rolinhas. Columbiformes. Mais de 300 espécies. Habitat: Por todo o mundo, exceto nos polos.  Características-chave: Pombas e rolinhas são aves com o corpo roliço, pescoço curto, cabeça pequena e bico delgado e arredondado. Alimentam-se de frutos e sementes. São bons voadores. Os ovos são incubados pelos pais(macho e fêmea). Produzem um líquido nutritivo(leite de pomba), a partir do revestimento do papo, para alimentar os filhotes. Entre as demais aves, os flamingos são os únicos que fazem isso. Espécies: Rola de coleira(Streptopélia decaocto); Pombo-de-coleirta(Streptopelia risoria); Pomba amargosa(Columba plumbea); Pomba- do- orvalho(Columba plumbea); Pomba-do-orvalho((columba miraculosa); Pomba-de-fruta(Ptilinopus magnificus); Rola comum(Streptopélia turtur), Pomba-goura(Goura victória), Pombo-da-mata(Columba palumbus). As rolinhas das regiões temperadas tendem a ter uma plumagem absolutamente apagada, mas a plumagem das aves dos trópicos pode ter cores brilhantes.

 

       Papagaios. Psilaciformes. Cerca de 300 espécies. Habitat: Nos trópicos e em algumas áreas temperadas no Hemisfério Sul.Característica-chave: Este grupo reúne algumas das aves de colorido mais intenso do mundo. Possuem bicos robustos em forma de gancho, cujas metades superiores estão conectadas ao crâneo por uma articulação semelhante a uma dobradiça. Dois de seus dedos apontam para a frente; outros dois para trás. Alimentam-se principalmente de frutos, sementes e nozes. Muitas espécies voam em bandos numerosos. Algumas espécies fazem ninhos em orifícios de árvores. espécies: Papagaio-do-congo ou papagaio-cinza(Psittacus undulatus); Kakapo(Strigops Habroptillus); Sulphur-crested cacatua(Cacatua galerita).  A arara-vermelha-pequena é um dos papagaios mais conhecidos, mas, como muitos membros desta família, está ameaçada pela demanda do comércio de animais de estimação.

 

       Cucos e turacos. Cuculiformes. cerca de 150 espécies. Habitat: Em regiões temperadas e tropicais por todo o mundo.Características-chave: Todos os membros deste grupo possuem o corpo delgado, pernas tortas e caudas longas. Os cucos, em geral, são de cor cinza ou marron. Os turacos têm um colorido muito brilhante. Os cucos são famosos por colocarem seus ovos nos ninhos de outras aves. A maioria dos cucos é insetívira, mas representantes das espécies Geoccoccyx callifornianus e G.Velox, da mesma família, também se alimentam de lagartos e cobras. Os turacos se alimentam de frutas. Espécies: Anu-preto(Crotopophaga ani); Cuco(Cuculus canorus); Papa-lagarta-cinzento(coccyzus cinereus); Galo-cuco(Geococcyx californianus); Cuco rabilongo(Clamator glandarius); Vigana(Opisthocomus hoatzin); Turaco(Tauraco hartlaub); Anu-curoca(Crotophaga major) Alma-de-gato(Piaya cayana); Saci(Tapera naevia). O galo-cuco, existente na Califórnia, se adaptou à vida no solo. Ele usa longa cauda como um contrapeso para fazer curvas rápidas quando corre atrás da presa.

 

       Corujas. Estrigiformes. Cerca de 130 espécies. Habitat: Todo o mundo, exceto na Antártica. Características-chave: As corujas são noctívagas e carnívoras. Têm bicos em forma de gancho e pés fortes, com garras afiadas. Sua plumagem é macia para amortecer o som de seu vôo e a presa não notar sua presença. Possuem audição aguçada e grandes olhos voltados para a frente, a fim de mirar as vítimas na escuridão. Podem girar completamente suas cabeças, para olhar para trás, sem mover o corpo. Espécies: Suindara(Tyto alba); Coruja-buraqueira(Athene cunicularia); Corujão orelhudo(Bubo virginianus); Caburé(Glaucidium brasilianum); Coruja-listrada(Strix hylophila); Coruja das neves(Nyctea scandiaca). Coruja-do-mato(Strix aluco).

 

       Bacuraus. Caprimulgiformes. Cerca de 80 espécies. Habitat:Por todo o mundo exceto nos polos. Características- chaves. Os bacuraus são noturnos ou ativos durante o crepúsculo. Alimentam-se de insetos capturados durante o vôo.Possuem asas longas e pontiagudas e pés minúsculos. São todos extremamente bem camuflados. Este grupo também inclui os curiangos e urutaus, aves semelhantes aos bacuraus, encontradas em todo o Brasil.. Também possuem hábitos noturnos mas podem buscar o seu alimento no solo. Espécies: Bacurau-migrador(Chordeiles minor); Bacurau-de-rabr-branco(Caprmulgus candicans); Notibó(Caprimulgos europaeus); Bacurau-de-lageado(Caprimulgus nigrescens); Guácharo(Steatornis carpensis); Curiango-do-banhado(Eleothreptus anomalus); Bacurau-ocelado(Niciphrinus ocellatus); Urutau(Nyctibius grisseus).  Os bacuraus passam as horas do dia completamente imóveis. Sua camuflagem é tão boa, que raramente são vistos.

 

       Andorinhões e beija-flores. Apodiformes. Cerca de 440 espécies. Habitat. Regiões tropicais e temperadas por todo o mundo. Características chave. Todas estas aves são pequenas. Entre os beija-flores estão as menores aves da Terra. Os andorinhões caçam insetos voadores e passam mais tempo no ar do que qualquer outra ave. Chegam até a dormir durante o vôo. A rápida batida de asa dos beija-flores permite-lhes ficar parados no ar. Espécies: Andorinhão-real(Apus melba); Beija-flor-fadas(Heliotheix aurita); Bico-de-lança(Doyfera johanne); Andorinhão-de-falsa-coleira(Streptoprocne biscutata); Beija-flor-gigante(Patagonia gigas); Balança-rabo-de-bico-torto(Glaucius hirsuta); Andorinhão(Reinarda squemata); Beija-flor(Therenetes niger); Tapereçu-pequeno(Cypseloides fumigatus); Beija-flor-do-campo(Colibri serrirostri) A capacidade de ficar parado no ar e de voar para trás, possibilitou aos beija-flores, somo o da espécie Selasphorus rufus, da América do Norte, explorar uma fonte de alimentos à qual poucos vertebrados tem acesso-o nectar. Espécies diferentes se alimentam de diferentes flores.

 

       Surucuás. Trogoniformes. Cerca de 35 espécies. Habitat; Florestas tropicais da África, Ásia e Américas. Características-chave: A maior parte dos  surucuás se alimenta de insetos, mas alguns se alimentam de frutas. Possuem uma plumagem de colorido brilhante. Dois de seus quatro dedos são para trás. Espécies: Surucuá-de-peito-azul(Trogon surrucura); Quetzal(Pharomachrus mocinno). Os machos dos quetzais usam as caudas para atrair as fêmeas. O comprimento da cauda é a medida de sua aptidão e de sua qualidade como macho. 

 

       Martins-pescadores e calaus. Coracilformes. Habitat: regiões temperadas e tropicais por todo o mundo. Características-chave: Este grupo inclui, também, abelheiros, rolieiros, poupas e juruvas. A maior parte dos membros possui plumagem de de colorido brilhante. São todos carnívoros com exceção dos calaus, que também comem frutos. Os martins-pescadores tem canbeça grande e bicos pontudos. Os calaus têm bicos maciços e curvados.  Espécies: Rolieiro(Coracias garrius); Ariramba-verde(Chloloroceryle amazona); Guarda-rios-gigante(megaceryle maxima); Abelheiro(Merops apiaster): Martim-pescador(Alcedi arthis); Calau(Buceros bicornis); Ariramba-pequena(Chioroceryle americana); Martim-pescador-anão(Choroceryle aenea), Poupa ou bulbela(Upupa epops), Juruva(Momotus momota); Martim-caçador) Dacelo novaeguineae).

 

       Pica-paus e tucanos. Piciformes. Cerca de 400 espécies. Habitat: Por todo o mundo, exceto Austrália e Antártica. Características-chave: Todos os membros deste grupo , que inclui araçaris, jacaios, capitães-do-mato e macurus, habitam em árvores e passam a maior parte de suas vidas sozinhos. Todos têm dois dedos que apontam para a frente e dois que apontam para trás. Os pica-paus martelam as árvores atrás de larvas para comer, usando seus bicos retos e pontiagudos.  Espécies: Caitão-de-bigode(Capito niger); Pica-pau-+de-banda-branca(Dryocopus lineatus); Araçari-negro(selenidera culik), Aracari miudinho(Pteroglossus viridis); Pica-pau-do-campo(Colaptes campestris); ariramba-do-paraíso(Galbula dea), Tucanuçu(Rhampastus toco); Torcicolo(Jynx torquilla). Um pica-pau se segura com seus pés fortes, dotados de garras, e usa sua firme cauda como suporte. Ele usa o bico para aumentar buracos existentes nas árvores e, então, fazer seu ninho. Os tucanos se alimentam principalmente de frutas e possuem bicos grandes, de colorido brilhante, para alcançar os alimentos.

 

       Ascendência dos pássaros

       Os passaros reunem a grande maiorioa das aves do planeta. Incluem os chamados "pássaros canoros", como os tentilhões, esturninhos e pulas-pulas, assim como os corvos, andorinhas  e espécies mais exóticas.

 

       Os pássaros reunem a grande maioria das aves do planeta incluem os chamados "pássaros canoros", como os tentilhões esturninhos e pula-pulas, assim como os corvos, andorinhas e espécies mais exóticas, como aves do paraíso.

       Os pássaros são considerados os seres mais evoluídos entre todas as aves. Possuem três dedos que apontam para a frente e um que aponta para trás, o que lhes permite agarrar-se aos ramos e explorar hábitats arbustivos e arbóreos. Seu porte geralmente pequeno tornou-se aptos a habitar também em gramados, particularmente junto a moitas de brejos. Mesmo onde há poleiros, esses pássaros prosperam. Espécies do Ártico e do deserto do Saara sobrevivem com quantidades muito pequenas de comida ou largamente espalhadas para sustentar aquelas de tamanho maior ou a que são menos móveis.

       De todos os pássaros existentes, mais de três quartos são pássaros canoros ou "oscines". Distinguem-se dos mais primitivos "subóscines" pelo fato pelo fato de terem seu órgão vocal, ou siringe, bem mais desenvolvido que pode produzir o canto ininterrupto característico deste grupo.

 

       Os fósseis mais primitivos conhecidos dos pássaros que que ficam empoleirados datam de cerca de quarenta milhões de anos atrás, apesar de os cientistas acreditarem que o grupo e xista desde o período Cretáceo. Sua dominação global é mais recente. No Mioceno inferior, há vinte e cinco milhões de anos, o grupo passou por uma explosão adaptativa que acompanhou a distribuição de gramados causada pela mudança climática global. Há cerca de 3 milhões de anos atrás, começou uma segunda explosão adaptativa que levou a um enorme aumento do número de espécies.

 

       Pássaros verdadeiros. Passeriformes. Cerca de 5.400 espécies. Habitat: Por todo o mundo esceto nso polos. Características-chave: Os pássaros são aves pertencentes a um grupo bastante caracterizado que constitui a ordem dos passariformes.Este grupo engloba cerca de 60% de todas as espécies de aves. A vasta maioria de pássaros pequenos, menores de 25cm de comprimento. Possuem dedos adaptados para se agarrarem a galhos ou ramos. Os dedos podem se trancar no local, permitindo a estes pássaros dormir empoleirados. A disposição dos músculos no aparelho fonador difere das demais aves; possui uma siringe(órgão vocal) muito característica. São todos pássaros terrestres, apesar de algumas espécies voarem sobre mares e oceanos enquanto migram. Constroem ninhos e os filhotes nascem pouco desenvolvidos, exigindo cuidados. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Superenciclopédia Ilustrada-Enciclopédia Seleções, tradução Stela Maris Gandour...et all, Rio de Janeiro, Reader's Digest, 2004, a quem agradeço pela autorização para publicação deste texto. E-mail atendimento@seleções.com.br

 
© 2011 Texto Livre - Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.

Compartilhe

 
Joomla 1.5 Template from JoomlaShack.com