Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206

Warning: Creating default object from empty value in /home/textolivre/web/templates/js_elated/wright/doctypes/default.php on line 206
Minha Primeira Neta
Ajude a manter o TextoLivre.

Minha Primeira Neta

                           

        2953_100261790041_619225041_3026992_4617370_n.jpg - 47.77 Kb

 

                  

As trombetas soaram,

O relógio da vida despertou.          

Junto com o alvorecer da aurora

Uma linda menina nasceu.

Nove meses se passaram,

E nos braços do mundo surgiu.

Que alegria, que emoção...

O amor se consolidou na alma de uma mãe.

A vida frutificou no coração de uma menina.

Não consigo exprimir a alegria que senti.

Tornei-me avó, fato importante.

Tudo indicava que eu seria uma avó muito feliz.              

O tempo foi passando e Daniele crescendo.

Cuidava dela e respeitava-a,

Envolvendo-me com suas brincadeiras.

A menina Daniele transbordava vivacidade.

Sentia-me preenchida pelo desejo de viver.

Era uma doce menina, inquieta, peralta.

O azul de seus olhos misturava-se com o azul do céu.

Na calada da noite, quando as corujas gritavam,

Daniele da cama fugia e em minha porta batia,

Pedindo para comigo dormir.

Era possível perceber a maravilhosa

E quase mágica sensação,

Ao senti-la em meus braços.

Dormia a meu lado, o ser mais maravilhoso do mundo.

Orgulhava-me do presente que Deus me dera.

Sentia seus beijos, cantava e corria na sua companhia...

Éramos muito felizes.

Porém, um dia, minha amada netinha para muito longe partiu...

Tristeza, lágrimas invadiram nossos corações.

Senti-me impotente, sem poder intervir.

Chorei, solucei e não me conformei.

O tempo que não pára, muito depressa passou,

Daniele, em uma bonita moça se transformou.

Nossa comunicação prosseguiu.

Sofri muito, mas agora estou feliz.

Tive tempo para refletir e percebi

Que distância não existe, quando se ama de verdade.

Senhor, presta muita atenção à conduta desta adolescente.

Concede-lhe a graça de ser livre,

E não prisioneira de si mesma.

Poupa-lhe das maldades do mundo.

Obrigada, Senhor, muito obrigada,

Pela neta que me deste,

E pelas lágrimas de alegria que derramei.

 

 

 

 

                              Audilia de Souza                                          

Beato. 06/11/06                                                                        

 

 
© 2011 Texto Livre - Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.

Compartilhe

 
Joomla Extension by JoomlaShack